Conteúdos Gratuitos

Conteúdos gratuitos sobre Geotecnologias. Acesse Agora!

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Cursos

Veja maoires informações na página "CURSOS". Cadastre-se em nossa lista e receba atualizações e conteúdos exclusivos por e-mail

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Serviços e Consultoria

VasGeo: Soluções de Qualidade em Geotecnologias

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Brasil adere à mobilização mundial para combater o lixo nos oceanos

  • sexta-feira, 22 de setembro de 2017
  • Meta é promover, durante cinco anos, ações para conter maré de plásticos

    O Ministério do Meio Ambiente (MMA) anunciou nesta semana que o Brasil fará parte da campanha global Mares Limpos. Encabeçada pelas Nações Unidas, a mobilização busca combater o lixo nos oceanos.


    Ao todo, 8 milhões de toneladas de plástico acabam nos oceanos ao redor do mundo, conforme as estimativas da ONU Meio Ambiente.



    O objetivo é promover, durante cinco anos, ações para conter a maré de plásticos que invade os oceanos. Os organizadores da iniciativa esperam a adesão de pelo menos 40 países.



    As ações brasileiras incluem o compromisso voluntário de implementar uma estratégia de combate do lixo no mar e medidas como o Programa Nacional de Conservação da Linha de Costa Brasileira (Procosta), construído pelo MMA com foco no monitoramento e gestão da região litorânea do País.



    Santuário das Baleias do Atlântico Sul



    O engajamento nacional na criação do Santuário das Baleias do Atlântico Sul também está entre as medidas voltadas para a conservação marinha. O objetivo é criar uma área de proteção das baleias entre os continentes americano e africano, em uma proposta defendida pelo Brasil em parceria com Argentina, Uruguai, Gabão e África do Sul.



    O Santuário prevê, ainda, a pesquisa não letal e não extrativa e a integração dos esforços de gestão e conservação na área.


    Você também pode cadastrar-se via Facebook, aqui embaixo. Só precisa autorizar o aplicativo KlickMail. Suas informações estarão seguras conosco.



    continue lendo...

    quarta-feira, 13 de setembro de 2017

    13 de Setembro: Dia do Agrônomo

  • quarta-feira, 13 de setembro de 2017


  • Comemora-se hoje o Dia do Agrônomo!

    A profissão de agrônomo é bem ampla e pode envolver diversos campos de atuação, todos ligados a agricultura, agronomia e agropecuária. Portanto podem atuar em atividades relacionais a preparação de solo para plantações, preparação para criação de gado, técnicas para eliminação de pragas, atividades ligadas ao meio ambiente, no agronegócio entre outras.


    A área de atuação do egresso do Curso Superior de Agronomia é bastante ampla, indo desde atividades internas das unidades de produção até as atividades do meio urbano, incorporando áreas genéricas e específicas do conhecimento, incluindo esferas do ensino, pesquisa e extensão, supervisão, coordenação e orientação técnica.



    - Estudo, planejamento, projeto e especificação;

    - Estudo de viabilidade técnico-econômica;
    - Assistência, assessoria e consultoria;
    - Direção de obra e serviço;
    - Vistoria, perícia, arbitramento, laudo e parecer técnico;
    - Desempenho de cargo e função técnica;
    - Ensino, pesquisa, extensão, análise, experimentação, ensaio e divulgação técnica;
    - Elaboração de orçamento;
    - Padronização, mensuração e controle de qualidade;
    - Execução de obra e serviço técnico;
    - Fiscalização de obra e serviço técnico;
    - Produção técnica e especializada;
    - Condução de trabalho técnico;
    - Condução de equipe de instalação, montagem, operação, reparo ou manutenção;
    - Execução de instalação, montagem e reparo;
    - Operação e manutenção de equipamento e instalação;
    - Execução de desenho técnico.


    O desempenho destas atividades refere-se a:

    Engenharia rural, construções para fins rurais e suas instalações complementares; irrigação e drenagem para fins agrícolas; fitotecnia, melhoramento vegetal, ecologia e agrometeorologia; zootecnia, melhoramento animal, agrostologia; recursos naturais renováveis e não renováveis; gestão e legislação ambiental; defesa fitossanitária; química agrícola; tecnologia de armazenamento, transformação, beneficiamento e conservação de alimentos e produtos de origem animal e vegetal (amido, açúcar, óleos, laticínios, vinhos e destilados); zimotecnia agropecuária; bromatologia, rações e nutrição animal; pedologia/ edafologia, manejo e conservação, fertilizantes, corretivos e condicionantes do solo; sistemas de culturas e de utilização de solo; microbiologia agrícola; biometria; parques e jardins; moto-mecanização agrícola; implementos agrícolas; crédito, economia e administração rural; sociologia e desenvolvimento rural; assistência técnica e extensão rural; políticas públicas para a agricultura e meio rural; legislação agrária e profissional.


    Diferença entre agronomia e agropecuária:


    Enquanto a agronomia trabalha mais voltada ao plantio e ao estudo das técnicas para preparação de solo para o plantio, que pode ser de frutas, verduras e outros tipos de plantação, dentro da agricultura, a agropecuária envolve a preparação da terra para a criação de animais, como o gado.

    Você também pode cadastrar-se via Facebook, aqui embaixo. Só precisa autorizar o aplicativo KlickMail. Suas informações estarão seguras conosco.



    continue lendo...

    sábado, 9 de setembro de 2017

    Empreendedores inovam em mapeamento do solo para obras de infraestrutura

  • sábado, 9 de setembro de 2017
  • Tecnologia permite apresentar informações de levantamento de forma similar ao Google Maps, com mapa interativo disponível online


    Reprodução de tela da Suporte Sondagens: dados de mapeamento do solo apresentados em mapa interativo. Foto: Divulgação


    Entregar o relatório de mapeamento do solo, pré-requisito para grandes obras de infraestrutura, de um jeito que o cliente não precise guardar um papel ou arquivo. Dessa forma atua a Suporte Sondagens, que apresenta aos seus clientes o resultado de cada estudo no mesmo formato do Google Maps - ou seja, um mapa interativo ao qual a empresa tem acesso online.


    "Essa informação demorava muito ou até se perdia", diz Maurício Malanconi, fundador da plataforma, referindo-se aos dados apresentados nos relatórios convencionais de mapeamento do solo. Esse tipo de estudo é requisitado por construtoras, concessionárias e outras empresas que trabalham com grandes obras e precisam analisar o solo para ter dados sobre a resistência do terreno, inclusive identiticar se a área tem lençóis freáticos e, em caso positivo, a localização exata de cada um.

    O vice-presidente de Tecnologia e Qualidade do SindusCon-SP, Jorge Batlouni, aponta a importância de uma boa análise do solo. "A qualidade dessa sondagem é importante porque, se ela for mal feita, pode induzir o projetista a uma informação errada", diz.

    Malanconi trabalhava como projetista em uma empresa quando decidiu montar seu negócio. Assim como seus concorrentes, ele entregava a análise do solo em papel ou por e-mail. Ao notar que os clientes perdiam o relatório e, às vezes, tinham que contratar novamente seus serviços, chamou o sócio e passaram a desenvolver uma ferramenta que poupasse o retrabalho.

    Modo de pesquisar

    Quando um interessado procura a Suporte Sondagens, uma equipe própria da empresa vai até o local e realiza perfurações nas áreas sobre as quais o cliente quer ter maiores informações. Essa operação pode demorar até meses, dependendo de quantos quilômetros deverão ser analisados.

    Depois disso, a empresa disponibiliza essas informações numa página parecida com as do Google Maps. Os dados são detalhados a cada metro ou perfuração que a empresa realizou ao longo do trajeto. Em cada um desses buracos há as opções para ver o nome do furo, quando foi feito e qual a profundidade. Ao clicar na opção "ver boletim", aparece: qual tipo de solo existe a cada metro no local e qual resistência de cada um.

    Apesar da semelhança visual com o Google Maps, há duas diferenças fundamentais. A Suporte Sondagens não tem uma base territorial completa - ou seja, ela só faz a análise do solo de uma determinada área quando uma empresa contrata o serviço referente áquele local. Além disso, a informação é restrita aos usuários, que recebem um login e senha para visualizar dados só da área para a qual a empresa contratou o serviço.

    A facilidade de acessar essas informações de forma online e sem precisar guardar um documento é considerada uma inovação nesse meio. "Toda utilização de tecnologia acaba facilitando e deixa o processo mais simples", afirma Luiz Fernando Moura, diretor da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc).

    A Suporte Sondagens já realizou mais de 150 projetos. Cerca de 10% deles seguem ativos e já utilizam o novo modelo semelhante ao 'Google Maps' do solo, disponível desde março de 2016. A maior parte dos clientes é formada por concessionárias de aeroportos, portos, ferrovias e rodovias, entre elas as do aeroporto de Guarulhos e a Ecorodovias.

    Por conta dessa inovação, a empresa espera crescer 30%, alcançando um faturamento anual de R$ 4,5 milhões.

    FONTE: DCI
    continue lendo...

    domingo, 3 de setembro de 2017

    03 de Setembro: Dia do Biólogo

  • domingo, 3 de setembro de 2017
  • O símbolo do biólogo mostra a fecundação de um óvulo

    Hoje é comemorado o Dia do Biólogo!

    A Biologia é a ciência responsável pelo estudo de todas as formas de vida existentes em nosso planeta. Para exercer a profissão de biólogo, o profissional deve ser bacharel ou licenciado no curso de História Natural ou então no curso de Ciências Biológicas ou, ainda, em Licenciatura em Ciências com habilitação em Biologia.

    O biólogo exerce as mais variadas atividades, atuando em três grandes áreas:

    - Meio Ambiente e Biodiversidade;
    - Biotecnologia e Produção;
    - Saúde.

    Algumas atribuições aos Biólogos, de acordo com a Resolução CFBio Nº 10, de 05 de Julho de 2003

    [...]

    Art. 1º São as seguintes as Atividades Profissionais do Biólogo: 
    1 - Na Prestação de Serviços:
    1.1 - Proposição de estudos, projetos de pesquisa e/ou serviços;
    1.2 - Execução de análises laboratoriais e para fins de diagnósticos, estudos e projetos de pesquisa, de docência de análise de projetos/processos e de fiscalização;
    1.3 - Consultorias/assessorias técnicas;
    1.4 - Coordenação/orientação de estudos/projetos de pesquisa e/ou serviços;
    1.5 - Supervisão de estudos/projetos de pesquisa e/ou serviços;
    1.6 Emissão de laudos e pareceres;
    1.7 Realização de perícias;
    1.8 - Ocupação de cargos técnico-administrativos em diferentes níveis;
    1.9 - Atuação como responsável técnico (TRT).

    [...]

    Percebe-se, portanto, que o biólogo pode trabalhar em indústrias, laboratórios de análises clínicas e zoológicos, escolas, faculdades, parques florestais e até mesmo atuar como fiscal de meio ambiente e perito. Sem contar, é claro, os diversos projetos de preservação ambiental e resgates de flora e fauna, que necessitam da atuação desse profissional.


    Você também pode cadastrar-se via Facebook, aqui embaixo. Só precisa autorizar o aplicativo KlickMail. Suas informações estarão seguras conosco.




    continue lendo...