Conteúdos Gratuitos

Conteúdos gratuitos sobre Geotecnologias. Acesse Agora!

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Cursos

Veja maoires informações na página "CURSOS". Cadastre-se em nossa lista e receba atualizações e conteúdos exclusivos por e-mail

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Serviços e Consultoria

VasGeo: Soluções de Qualidade em Geotecnologias

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

domingo, 15 de outubro de 2017

15 de Outubro: Dia do Professor

  • domingo, 15 de outubro de 2017



  • No dia 15 de outubro é comemorado o Dia do Professor, data em que se homenageia os responsáveis pelo desenvolvimento da educação e do conhecimento no país, abrangendo um escopo de profissionais que trabalham desde a educação infantil até o ensino superior universitário. Como todos sabemos, trata-se de uma das mais importantes profissões praticadas no mundo, afinal, sem ela, a transmissão de conhecimentos e a correta apreensão destes pelas pessoas seriam praticamente impossíveis.

    A origem do dia do professor se deve ao fato de, em uma data de 15 de outubro, o Imperador D. Pedro I ter instituído um decreto que criou o Ensino Elementar no Brasil, em 1827, com a criação das escolas de primeiras letras em todos os vilarejos e cidades do país. Além disso, o decreto estabeleceu a regulamentação dos conteúdos a serem ministrados e as condições trabalhistas dos professores.

    Tempos depois, mais precisamente no ano de 1947, o professor paulista Salomão Becker, em conjunto com três outros profissionais da área, teve a ideia de criar nessa data um dia de confraternização em homenagem aos professores e também em razão da necessidade de uma pausa no segundo semestre, até então muito sobrecarregado de aulas. Mais tarde, em 1963, a data foi oficializada pela lei Decreto Federal 52.682, que, em seu Art. 3º, diz que “para comemorar condignamente o dia do professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo delas participar os alunos e as famílias”.

    No Brasil, para se tornar professor, é preciso ter um curso superior em uma área relacionada com o ensino, seja a Pedagogia, seja um curso na modalidade de licenciatura, onde se apreende os principais conceitos didáticos pedagógicos, além de se angariar as primeiras experiências em sala de aula.

    Além disso, qualquer outro cidadão que tenha concluído o ensino superior com uma formação complementar posterior (pós-graduação lato sensu ou stricto senso) também pode ministrar aulas na universidade, com a recomendação de que o profissional faça uma especialização de docência em nível superior ou algum outro curso correspondente.

    O grande problema com relação ao exercício do professorado é a desvalorização de sua profissão. Embora seja uma das competências mais admiradas pela sociedade, os profissionais da área sofrem com os baixos salários, as precárias condições de trabalho em alguns casos ou o trabalho excessivo em outros, além de outros fatores, como a indisciplina dos alunos e a superlotação das salas. Essa realidade reflete-se no baixo interesse dos estudantes em se tornarem professores, pois a minoria dos que prestam vestibular e Enem deseja ingressar em carreiras relacionadas com a licenciatura ou pedagogia.

    Soma-se a esses fatores o peso que, muitas vezes, o professor carrega em educar os estudantes, haja vista que, não raro, as famílias transferem essa responsabilidade para a escola. Segundo o professor e filósofo Mario Sérgio Cortella, há uma diferença nem sempre muito nítida entre “educar” e “escolarizar”, sendo a primeira uma responsabilidade dos pais e da família e a segunda a função do professor e da escola.

    Apesar de todas as dificuldades e percalços, a carreira de professor é bastante importante e oferece uma grande oportunidade para que as pessoas não só acumulem saberes, mas que também oportunizem a outras pessoas o desenvolvimento das diferentes formas de conhecimento. Vale lembrar que a função do professor não é a de transmitir informações, mas fazer com que o aluno consiga assimilar melhor as características e processos inerentes ao mundo em que vive.



    Você também pode cadastrar-se via Facebook, aqui embaixo. Só precisa autorizar o aplicativo KlickMail. Suas informações estarão seguras conosco.



    continue lendo...

    sexta-feira, 6 de outubro de 2017

    Google Street View disponibiliza imagens em 360º de parques naturais do país

  • sexta-feira, 6 de outubro de 2017

  • A ferramenta possibilita a visualização em 360º (basta mover o mouse para direita, esquerda, para cima e para baixo) de 7 parques naturais: Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba (RJ), Parque Nacional da Serra dos Orgãos (RJ), Parque Nacional do Itatiaia (RJ), Parque Nacional da Serra da Bocaina (SP), Parque Nacional Lençóis Maranhenses (MA), Parque Nacional do Iguaçu (Rio Iguaçu) (PR) e Parque Estadual Ilha do Mel (PR).

    Clique na imagem abaixo e tenha acesso essa experiência!



    Você também pode cadastrar-se via Facebook, aqui embaixo. Só precisa autorizar o aplicativo KlickMail. Suas informações estarão seguras conosco.



    continue lendo...

    sábado, 30 de setembro de 2017

    Vídeo: Como Criar um Shapefile a Partir de Outro [Exportar Seleção]

  • sábado, 30 de setembro de 2017

  • Sabe quando você precisa de um shapefile específico, mas não consegue encontrar para baixar na internet?

    Existe uma forma de você mesmo criá-los. Assista ao vídeo e aprenda o procedimento para criar seu próprio shapefile.





    Você também pode cadastrar-se via Facebook, aqui embaixo. Só precisa autorizar o aplicativo KlickMail. Suas informações estarão seguras conosco.



    continue lendo...

    sexta-feira, 22 de setembro de 2017

    Brasil adere à mobilização mundial para combater o lixo nos oceanos

  • sexta-feira, 22 de setembro de 2017
  • Meta é promover, durante cinco anos, ações para conter maré de plásticos

    O Ministério do Meio Ambiente (MMA) anunciou nesta semana que o Brasil fará parte da campanha global Mares Limpos. Encabeçada pelas Nações Unidas, a mobilização busca combater o lixo nos oceanos.


    Ao todo, 8 milhões de toneladas de plástico acabam nos oceanos ao redor do mundo, conforme as estimativas da ONU Meio Ambiente.



    O objetivo é promover, durante cinco anos, ações para conter a maré de plásticos que invade os oceanos. Os organizadores da iniciativa esperam a adesão de pelo menos 40 países.



    As ações brasileiras incluem o compromisso voluntário de implementar uma estratégia de combate do lixo no mar e medidas como o Programa Nacional de Conservação da Linha de Costa Brasileira (Procosta), construído pelo MMA com foco no monitoramento e gestão da região litorânea do País.



    Santuário das Baleias do Atlântico Sul



    O engajamento nacional na criação do Santuário das Baleias do Atlântico Sul também está entre as medidas voltadas para a conservação marinha. O objetivo é criar uma área de proteção das baleias entre os continentes americano e africano, em uma proposta defendida pelo Brasil em parceria com Argentina, Uruguai, Gabão e África do Sul.



    O Santuário prevê, ainda, a pesquisa não letal e não extrativa e a integração dos esforços de gestão e conservação na área.


    Você também pode cadastrar-se via Facebook, aqui embaixo. Só precisa autorizar o aplicativo KlickMail. Suas informações estarão seguras conosco.



    continue lendo...